Rede Sociais:

Dra. Mônica Felici

Tratamento para Estrias

Tratamento para Estrias

As estrias são cicatrizes que se formam em áreas propensas da pele a serem distendidas ou esticadas, ou seja, quando há destruição de fibras elásticas e colágenas, que são responsáveis pela sustentação e elasticidade da pele. 

 

Essas fibras são feitas para suportarem certo limite. Se esse limite for ultrapassado e elas forem esticadas excessivamente, as estrias surgem, o crescimento e ajuste da forma corporal podem fazer com que as estrias apareçam. 

 

Não existe idade, nem sexo específicos para o aparecimento das estrias, pois elas afetam homens, mulheres em idade adulta e até adolescentes. As regiões mais atingidas são quadris, coxas, nádegas, culotes e mamas, na gravidez podem surgir na região abdominal.

 

As estrias costumam aparecer em pessoas com efeito sanfona, o conhecido “engorda emagrece” rápido, crescimento acelerado na adolescência, excesso de exercícios físicos, gravidez, aplicação de silicone nas mamas e também o ressecamento extremo da pele.

 


Tipos de estrias

 

Existem dois tipos de estrias. As vermelhas e as brancas. As vermelhas ou arroxeadas são as mais recentes, já as brancas são as mais antigas.

 

As estrias vermelhas aparecem quando a primeira camada da pele é esticada até podermos ver a segunda camada, a derme, que é rica em colágeno e vasos, responsáveis pela cor avermelhada das estrias. As estrias ainda podem ser tratadas e sua capacidade de se regenerar é alta, por isso existem alguns tipos de cuidados que podem melhorar a aparência e até cicatrizar este tipo de estria vermelha.

 

Enquanto isso, as brancas são cicatrizes causadas pela ruptura das fibras da pele e essas geralmente não possuem tratamento que possam extingui-las, mas sim amenizá-las, pois uma vez formadas não desaparecem completamente. 

 


Existe tratamento para estrias? 

 

Existem tratamentos para estrias que trabalham formas de atenuá-las, melhorando sua aparência e deixando a pele menos marcada e enrugada, como lasers, peelings, ácidos, hidratações cutâneas e outros específicos.

 

 As estrias iniciais, aquelas avermelhadas, respondem melhor aos tratamentos e, por isso, o ideal é procurar o dermatologista logo que começam a aparecer. O uso de ácidos como a tretinoína e o ácido glicólico, além de hidratantes, podem melhorar muito a aparência das estrias vermelhas, bem como das brancas.

 

As vantagens em fazer o tratamento para estrias são todas voltadas para a beleza da pele gerando autoestima e autoconfiança.

 


Prevenção de Estrias

 

A prevenção do aparecimento das estrias basicamente é uma boa alimentação, uma boa hidratação interna do corpo, com água e sucos de frutas, hidratação externa com óleos e hidrantes, cuidados essenciais desde a adolescência, quando ocorre o crescimento acelerado e aumento rápido de algumas partes do corpo, com bumbum, quadris, nas mamas, aonde podem surgir as estrias.

 


Ardência e coceiras

 

As estrias, principalmente as iniciais, advindas do rápido esticamento da pele podem causar ardência ao tocar com os dedos, é possível sentir uma pequena saliência da cicatriz na pele. Às vezes, essa condição causa coceira ou ardência. Não é aconselhável coçar essa região, que deve estar ressecada, sendo o motivo das coceiras, para não agravar a situação da pele naquele local. As marcas das estrias geralmente aparecem durante ou após a gravidez ou após uma mudança repentina no peso.

 

 

Investimento e resultado

 

O preço do tratamento para estrias depende de qual escolha será feita para cada caso em específico. Além de outras variantes como o tamanho da área a ser tratada, região específica do corpo, quantas sessões serão necessárias para obtenção de um resultado positivo. É importante que procure o dermatologista para ver qual o melhor tratamento para o caso em questão. Existem outras opções de tratamento além do laser que é o mais conhecido.

 

O resultado aparece, em média, após cinco sessões e a melhora das estrias varia entre 70% e 80%. Porém, às vezes, logo na primeira sessão já se observa alguma melhora. O resultado dos tratamentos para estrias são, na grande maioria das vezes, positivo e agradam os usuários.

 

 

Indicação: Quem deve fazer o tratamento para estrias?


Esse tratamento só deve ser feito com um dermatologista ou profissional de fisioterapia especializado em estética. Todas as pessoas podem fazer o tratamento localizado de estrias, buscando autoconfiança e autoestima, melhorando a aparência da pele. Porém, se na região a ser tratada houver rupturas profundas, coceiras advindas de alergias, cortes ou qualquer outra anormalidade que possa interferir no tratamento, essa avaliação deverá ser feita pelo seu médico (a) dermatologista, que irá indicar a melhor opção e o momento oportuno de iniciar o tratamento para as estrias.

Copyright 2020 - Agência Tutti Marketing.

SEO e Otimização Google - Sunset

Instagram

Fale comigo agora mesmo

Clínica particular

Clique para chamar