Rede Sociais:

Dra. Mônica Felici

Peeling Corporal

Peeling Corporal

Embora o peeling por si já seja um procedimento muito famoso e procurado pelas pessoas, nem todo mundo conhece as particularidades de um peeling corporal. Afinal, os cuidados com o corpo costumam ser mais subestimados do que com o rosto. Porém, esse tipo de tratamento pode trazer uma série de benefícios para a sua pele.

 


O que é peeling corporal?


O peeling é um procedimento com foco na esfoliação da pele. Com isso, ele renova e ajuda a regenerar a pele das regiões tratadas. Geralmente, ele é feito no colo, braços, mãos, costas, axilas e virilhas, dependendo das necessidades individuais de cada paciente.


Sua realização é indicada para clarear manchas e áreas escurecidas da pele, reduzir a oleosidade corporal e suavizar a aparência de cicatrizes. Da mesma forma, ele também pode ser indicado para tratar estrias, melhorar a textura da pele e reduzir a aspereza.


A esfoliação pode ser química ou física, dependendo do objetivo da paciente e da indicação profissional. Ele também pode ser combinado com outros procedimentos estéticos para potencializar os resultados. Por isso, a avaliação inicial da dermatologista é muito importante para a realização segura do tratamento.

 


Quais são os tipos de peeling existentes


Peeling físico

 

A versão física do peeling é superficial e é semelhante à esfoliação que fazemos em casa. Realizada com microesferas, ela ajuda a renovar a pele e permite que outros ativos, como os hidratantes corporais, penetrem melhor na derme. Sua indicação é, principalmente, para o tratamento de cravos e estrias.

 


Peeling químico


Enquanto isso, peelings químicos podem ter efeito superficial, médio ou profundo, dependendo das substâncias utilizadas e do tratamento indicado por cada dermatologista.


Dentre os principais ácidos utilizados neste procedimento, destacam-se:

 

 

  • Ácido salicílico: utilizado principalmente no rosto, ele é indicado principalmente para peles oleosas, ajudando a reduzir acnes severas;
  • Ácido glicólico: indicado para o tratamento de fotoenvelhecimento da pele, também sendo mais utilizado no rosto e em peles oleosas;
  • Peeling de ácido retinóico: o peeling com ácido retinóico estimula a renovação celular por meio da produção de colágeno, sendo um ótimo ativo para retardar os sinais do envelhecimento precoce;
  • Ácido mandélico: mais indicado para o tratamento de fotoenvelhecimento da pele e manchas;
  • Ácido tioglicólico: é utilizado principalmente no corpo para tratar manchas.

 


Peeling de cristal


Quem quer reduzir a aparência de estrias pode contar com o peeling de cristal. Afinal, esse tratamento estimula a produção de colágeno, sendo um dos procedimentos mais procurados por quem quer melhorar a aparência da pele de forma geral.

 


Peeling de diamante


Por último, temos ainda o peeling de diamante. Ele também é conhecido como microdermoabrasão e consiste em uma esfoliação profunda da pele, removendo todas as células mortas, clareando manchas e reduzindo a aparência das rugas e linhas finas.

 


Como funciona o peeling corporal?


O peeling é feito sempre após a avaliação inicial da dermatologista ou de um cirurgião plástico, sendo também realizado por esses profissionais. Além de conhecer melhor as particularidades da sua pele, o encontro inicial tem também o objetivo de entender o que você espera do procedimento.


Afinal, as substâncias mais recomendadas podem variar de acordo com as suas expectativas. Portanto, é muito importante que você aproveite o encontro inicial para tirar todas as suas dúvidas.


Da mesma forma, essa avaliação determina se o peeling corporal vai precisar de mais de uma sessão ou até mesmo da combinação com outros procedimentos. Em seguida, já é possível marcar a sessão. 
Os ativos indicados nessa avaliação inicial são aplicados na pele em altas quantidades, em sessões rápidas que duram entre 15 a 20 minutos.


O processo de descamação costuma variar entre cinco e sete dias. Durante todo o período, existem alguns cuidados que devem ser tomados para potencializar os resultados da sessão

 


Quais são os cuidados após o tratamento?


A proteção solar é, sem dúvidas, o cuidado mais importante após a realização do peeling no corpo. Como a pele vai estar sensibilizada pela aplicação das substâncias, deixar de usar o protetor solar pode causar queimaduras na pele.


Além disso, hidratar a pele com os produtos indicados pelos profissionais também é muito importante para acelerar o processo de recuperação da pele e também mantê-la mais saudável. 
Existe ainda a possibilidade de que a profissional envolvida também faça a recomendação de medicamentos de uso tópico para maximizar os efeitos.

 


Quanto custa o tratamento com peeling corporal?


O valor total do tratamento vai depender da substância utilizada e do plano definido pela dermatologista. Por isso, antes de elaborar o orçamento, é preciso fazer a avaliação inicial e determinar quantas sessões serão necessárias, a periodicidade e até mesmo a indicação de mais de um tratamento estético.


Portanto, para consultar o valor, agende sua avaliação agora mesmo e comece sua jornada em direção a uma pele muito mais saudável. Estamos te esperando!

Whats Dermatologista Dra Mônica Felici em Campinas

Clínica Particular

Contato

Telefone Clique para chamar

(19) 98405-0127

Entre em contato e tire suas dúvidas!

Procedimento Relacionados

Copyright 2020 - Agência Tutti Marketing.

SEO e Otimização Google - Sunset

Instagram

Fale comigo agora mesmo

Clínica particular

Clique para chamar